quarta-feira, março 14, 2007

A consulta


Ontem lá fomos á consulta com a Patuxa.
Ela sabia que ia ao médico mostrar o dedinho mas quando lá chegou e ele começou a mexer-lhe nas mãos até pontapés lhe deu.
Tal como previa ela terá que ser operada, segundo ele não convém passar mais de 1 ano, pois assim terá que se mexer mais para dentro para alongar o tendão.
Como calculava também será com anestesia geral, é a única forma de fazer a cirurgia, e isto é o que me deixa pior.
Agora irei dia 22 ao Garcia de Orta e será lá que irão decidir o que fazer e quando.
Espero que tudo corra bem e que ela fique sem sequelas desta situação.
Acho que nunca estamos preparados para estas coisas mas lá tem que ser.
Continuo a procurar colégios, mas até agora nada me agrada. Nalguns não gosto das instalações, sujas, feias, velhas, noutros não gosto do ambiente em si, os miudos parecem tristes e o pessoal também. Será que eu imaginei algum que nem existe???
Mamas que já têm os piolhos no colégio; digam-me o que devo ter em consideração na minha análise.
Beijinhos e fiquem bem, até já

5 comentários:

Sorrisos da minha Alma disse...

Vai tudo correr bem mamã, não deixes esse coração assim tão apertado.
Quanto ao colégio, não desistas, procura o que achares melhor para ela.
Se quizeres escrever já sabes.
Beijo grande e até já.

Linda, linda mesmo não lhe vendo a face aqui :-), cabelo mais bonito!

Rita disse...

Em relação ao problema da Patuxa, pensa que vai tudo correr bem... tem que correr!

Em relação ao colégio: na minha opinião o mais importante é a questão emocional.

Mais importante do que terem 300 brinquedos é terem as pessoas certas a tratarem deles. Devem ser pessoas que realmente gostem do que fazem e não que estejam ali a fazer fretes.

Outra coisa que acho muito importante é ver as ementas das refeições. São muitos os colégios que dão comida não muito própria às crianças. Por exemplo, no 1º colégio da Margarida davam imensos fritos e doces como sobremesa.

Aquilo fazia-me imensa confusão. Como tinha acesso à ementa à 2ª feira, havia vários dias que eu fazia o almoço para ela levar, porque não me fazia sentido que uma criança de um ano e tal comesse croquetes ao almoço, ou pão com tulicreme ao lanche. Mas não deixava de ser complicado estar a fazer comida às 6 da manhã e ainda por cima não pagava nada pouco por mês.

Isso foi uma das coisas que me fez tirá-la de lá. Agora estou muito satisfeita. Mas temos que saber procurar, por isso não desistas.

Beijinhos

Anónimo disse...

ola eu sou a vania mae da debora de 34 meses e costumo estar senpre no forum dodot.adoreio teu blog e mto giro e tens uma filha linda.eu tb sou de almada estou a morar em vila nova da caparica.e tu es de k zona.quando houver um almoço dodot aki perto tens k vir estes almoços sao senpre divertidos.beijokas estou senpre no msg vmajardim@hotmeil.com

Simão disse...

só passei para saber cm estava a minha "namorada" virtual e dar-vos muita força porque tudo irá correr ás mil maravilhas e daqui a algum tempo nem se lembram que existiu esse problemita no dedo da "minha" princesinha

maria-joão disse...

Que passe depresssa. O tempo de espera é o mais dificil. Há-de correr tudo bem.