segunda-feira, outubro 01, 2007

Nunca pensei...


Pois....nunca pensei que fosse preciso um amigo de infância ligar-me a perquntar pelo meu "homem" para eu me dar conta dos outros "amigos" que nem sequer um ola mandam.
Será que é constragedor falar com alguém nestas circunstancias, têem vergonha? São inibidos? Porra....olha que realmente.
Este amigo soube por uma amiga comum do problema que tinha surgiu, pediu um milhão de desculpas por pedir o meu telemovel a terceiros, mas chegou até mim e sobretudo chegou ao meu coraçao, obrigado por teres ligado J.
É triste mas é a vida....
Ainda bem que o papa da D.Patuxa não é nada sensível, sou eu por ele.
Fiquem bem, até já.

7 comentários:

Gina disse...

Compreendo o que sentes... há pessoas que, de facto, se podem sentir um pouco inibidas, sim, receosas de dizer algo que possa magoar, mas quando há amizade e quando a intenção é dar apoio, 'estar presente', manifestar amizade, carinho e tudo o que for preciso, não devia de existir qualquer inibição.

Pois, ao contrário de outros momentos, é agora que vocês precisam de ombros amigos e de palavras de encorajamento.
Por outro lado, parece que há sempre alguém que se afasta nestas situações e isso é que é mesmo lamentável!

Eu não vos conheço, mas cá estou se precisares de alguma coisa e torço para que tudo corra pelo melhor! Além disso, vou gostar de acompanhar esta tua gravidez... :)

Um beijinho e dispõe!

maria-joão disse...

Dá medo sim, dá medo de magoar sem querer, dá medo de poder estar a lembrar o que a pessoa quer esquecer, dá medo de fazer repetir a conversa e fazer a pergunta que já foi feita tantas vezes que possa já enjoar. Eu normalmente costumo abordar a questão de forma muito muito levezinha e levar a conversa ao ritmo da pessoa. Sei que não faço da melhor maneira mas não é por mal. É receio mesmo, receio de não saber fazer, não saber dizer, tenho a sensação que por vezes saber ouvir é mesmo muito pouco.

Carina M disse...

Que bom que o teu amigo resolveu ligar. Assim acabamos por nos sentir mais acarinhados, e é bom.
Eu por ex, ainda há pouco, recebi um super elogio de uma amiga que apenas conheço virtualmente, e ao ler (foi no messenger), fiquei com um sorriso parvo na cara. Fez-me bem ler aquilo.
Bjs

A mamã disse...

linda não sei bem ainda o que se está a passar mas sei que precisas de muito conforto
Mil beijos estou aqui para o que precisarem
Bjokas
paula

maria disse...

Não sei o que se passa, mas se precisares de apoio podes contar comigo por aqui..
ás vezes só umas palavras fazem logo tão bem.

bjnho

maria disse...

Acabei agora de ler porque tanto precisam d um ombro agora... E só te tenho a dar vos força...Agarrem-se aos bebés lindos que têm..

bjnhos grandes

Nokas disse...

oh amiga eu tenho andado desaparecida da blogosfera e quase chorei quando li o teu bloguito, não tinha conhecimento desse episódio das vossas vidas.Desejo que tudo corra pelo melhor e quando cá voltar tenhas boas notícias.
beijinhos grande e mt força