quinta-feira, agosto 28, 2008

HOJE O DIA É NOSSO




Hoje ficamos as 3 em casa, amanha começa uma nova etapa nas nossas vidas.
A minha Flor está optima, grande e é um doce de menina, é com o coração tão apertado que penso nos dias que ai veem.
A vida é assim, é feita de momentos, uns bons outros nem por isso e infelizmente eu e quase todas as mães temos que trabalhar para conseguir manter um nível de vida equilibrado.
Gostava de ficar em casa, gostava de a abraçar para sempre no meu colo, queria te-la mais tanto tempo assim pequenina, só minha.
Hoje o post é para ti filha, quero que te lembres dos 150 dias que passamos juntos, que apenas nos afastamos duas horas no máximo, quero que sintas o meu cheiro até a eternidade, Amo-te tanto mas tanto

quarta-feira, agosto 27, 2008

CADA DIA PIOR


Pois é cada dia pior que outro.
Os treinos para ficar na avo estão a correr pior que eu alguma vez imaginei, mentira, eu sabia que ia ser assim.
A minha sogra (a quem agradeço tanta coisa) desde o nascimento da Margarida revelou-se uma péssima avo, ou seja, a segunda neta não é igual à primeira. Nunca a veio ver, nunca lhe ligou e agora que chega a hora de ficar com ela admira-se da miuda a estranhar.
Assim que entra na casa da avo começa a ficar irrequieta, passados 5 minutos desata a chorar.
Hoje ela berrava ao colo da avo, eu falava de longe para ela e ela calava-se, eu calava-me ela chorava, acabei eu a chorar também.
Tive que pegar nela pois a mulher nada fazia e claro ao meu colo calou-se de imediato, a avo diz logo; porra estas miudas só querem a mãe.... (nem respondi) quem me dera a mim que elas as vezes quissesem o pai
Depois la dormiu, e sabem o que a mulher fez? Foi para o jardim deitar-se na relva e adormeceu, conclusão a Flor dormiu 10 minutos e quem a ouviu fui eu e foi a minha cara que ela viu ao acordar.
Será que sou maluca? Será que o pai não vê que a mãe dele não quer ficar com a neta?
Fiquei mais chateada ainda, pois ela só comentava; esta miuda vai dar cabo de mim, eu não aguento as minhas costas, ai não sei que mais...um monte de MERDAS.....
Peguei nelas e lá vim embora com o coração apertado, com os olhos a arderem para não me verem chorar, agora aqui estou com uma raiva que nem sei.
A Flor chegou a casa feliz e contente como se nada fosse.
E agora? Que faço à minha filhota? Falta 1 dia...
A Patuxa no meio disto tudo fica meio confusa e só perqunta o que tem a irmã, eu digo que são os dentes.....
Está dito.
Beijinhos e até já

segunda-feira, agosto 25, 2008

OS ÚLTIMOS DIAS

foto retirada


Temos andado em epoca de adaptação.
Recomeço a trabalhar sexta-feira (ai ai), a Flor tem ficado na avo para ver se se entendem, mas está dificil, ela continua muito estranha mas com a avo é mesmo impossível. Corta-me o coração ve-la chorar como se estivesse a pedir socorro, a mulher fica sem jeito e não ajuda nada, não consegue cativá-la nem um pouco. Não sei como vai ser, mas fácil não será concerteza.
Temos ido à piscina e dado alguns passeios por aqui, temos aproveitado os últimos dias para ficarmos juntinhas as 3.
A D.Patuxa continua com as birritas e com os ciumes, agora até a cama que está na avo quer para ela. Mas quando quer ajuda muito e dá-lhe muitos miminhos.
Recomeça a escolinha na segunda feira e já tem saudades dos amiguinhos.

Hoje fui fazer a ecografia da revisão pós parto e foi tão triste, depois de tanto tempo a ver a minha piolha no ecra agora custa tanto não ver nada, que sensação de vazio. Por mim estaria grávida sempre, pena é ter descoberto tão tarde a vocação.
Beijinhos e até já

quinta-feira, agosto 21, 2008

EU SABIA QUE ESTE DIA ÍA CHEGAR



Os dias passados em casa com as minha meninas dá tempo para todos os tipos de brincadeiras.
Ontem, e talvez porque fomos visitar uns castelos e monumentos no final de semana fez com que a D.Patuxa se lembra-se de brincar às princesas e ás noivas (coisas de menina).
Colocou o vestido de carnaval (de princesa, azul) e andou a dançar e a dizer que ia casar com o namorado dela lá da escolinha ( o Gabriel)
Mas a perqunta dificil chegou;
- Mamã, anda brincar comigo às noivas
Eu como sempre fiz a vontade e logo me levantei para brincar com ela,
Mas ela volta-se e diz;
- Mamã vai buscar o teu vestido de noiva e brincamos as duas
Eu, meio sem jeito, com aquele nó no coração, lá lhe expliquei que a mamã não tinha vestido de noiva, que não tinha casado, apenas vivia com o papá e isso é que era importante.
Ela prontamente disse-me;
-Não faz mal mamã, arranjas outro e casas.
Eu sabia que esta perqunta, entre tantas outras um dia ia chegar.
Respondi com a verdade, a minha verdade, mas ela no alto dos seus 4 aninhos percebeu e bem.

Nota: tocou na ferida

Beijinhos, até já

sexta-feira, agosto 15, 2008

1ª PAPA DA FLOR


Tenho vindo a adiar a introdução das papas mas hoje achei que seria uma boa data para experimentar. Ela já olha muito para nós a comer e continua a acordar de 2 em 2 no maximo 3 em 3 horas para comer, talvez assim comece o desmame e os hábitos venham tranquilizar-nos um pouco.
Segundo a pediatra devo manter a mama até conseguir, vou trabalhar dia 29 de Agosto e apartir dai vai ser complicado ter leite para lhe dar, até lá convem que ela aprenda a comer a papinha e depois as sopinhas e frutas, assim a minha sogra terá menos uma preocupação.
Amo dar maminha como nunca pensei ser possivel, mas hoje ao ve-la tão feliz com a papinha fiquei ainda mais feliz, mais uma etapa em que entramos e é tão bom ver que ela está saudável e feliz.
Mantem-se calminha, brinca com os pés e descalça as meias a toda a hora, ainda não se segura completamente, a cabeça caí de vez enquando. Continua estranha, chora quase para todas as pessoas que se aproximam mas não gosta mesmo nada da avo (a minha sogra), nem sei como vamos conseguir que fique lá, enfim...
O banho é a melhor hora e já não cabe na banheira.
Ultimamente não sei que lhe aconteceu mas deixou de fazer cocos sempre que mama, tem chegado aos 4 dias sem fazer, agora com as papas ainda deve ser pior.
Está uma amor a minha filhota, a crescer tanto tanto
Beijinhos e até já

quarta-feira, agosto 13, 2008

Aniversário II

foto retirada


Ontem foi a vez da minha Patuxa fazer aninhos, 4 anos, poxa como o tempo voa.
Está linda e muito engraçada, mas sobretudo muito teimosa e com birras, mas pronto não se pode ter tudo.
Amo-te filha.
Obrigado pelos comentários e até breve.

quinta-feira, agosto 07, 2008

aniversário


à 4.. anos atras nascia eu aqui nesta casinha do alentejo.
este fim de semana fui até lá matar saudades e inspirar-me, fez-me bem...
neste dia deixo um beijo grande à minha mãe que deve ter sofrido um bom bocado, nem consigo imaginar o que é nascer em casa, grande mulher.
obrigada a todas pelas palavras que me deixaram
beijo e até já