sexta-feira, maio 22, 2009

A casa actual (post da despedida)


E como vi ontem num programa de humor, deixa-me fazer um post sobre isto (acho que sou blog dependente)

Já mudei de casa muitas vezes, senão vejamos;
Lavre - Baleizão
Baleizão - Palma
Palma - Feijó
Feijó - Corroios
Corroios - Vale Fetal
Vale Fetal - Corroios
Corroios - Feijó

Esta casa onde vivo vai deixar-me saudades, foi para aqui que vim quando a piolha crescida nasceu, vim directamente do hospital para aqui, com ela nos braços, Feliz como nunca. Foi aqui que decorei o 1º quarto de bebé.
Depois vi crescer a piolha e aconteceu a gravidez da Flor, mais uma vez foi aqui que fui tão Feliz. Aqui elas cresceram estes poucos anos que ainda teem, quer que fique na memoria de todos como a nossa casinha especial.
Aqui comeram a primeira papinha, aqui falaram pela primeira vez.
Agora a casa nova será a continuidade da familia, sem bebes para chegar (e fico tão triste).
Ao olhar para as cosinhas delas correm-me as lágrimas...passou o tempo...agora é hora de guardar tudo...lembrar o passado e olhar em frente... (e acabou-se as lamentações, vai-te embora nostalgia).
Ficam algumas fotos de momentos vividos aqui.
Beijo e até já


13 comentários:

Ti disse...

Fotos lindas...
Mais uma etapa na vida... essa casa tras muitas lembranças... mas vais ver que daqui a uns tempos vais dizer o mesmo da nova casa, aí entraram 3 nesta entram 4... e vai tudo correr bem...
bom fim de semana e desculpa a ausencia... o tempo... é mttttt curto

Maria José disse...

Lindas as fotos e amiga tens imensas razões para teres saudades dessa casa, mas a vida é mesmo assim a vida muda e a tua para melhor e estou muito feliz por vocês
bjokas

AndreiaA disse...

Muitas Felicidades!!!
Bjs

A mamã disse...

quando estiveres na casinha nova ate deliras eheheh vais adorar
olha li este nomes todos e demorei uns segundos a perceber que eram nomes de terras ahahahahah
loira! :-)
bjs e bom fim semana
paula

Carina M disse...

Para mais tarde recordar.
Engraçado eu nunca mudei da santa terrinha e saí da casa onde cresci para a que o meu pai construiu entretanto, mas com uns 20 metros de distancia e depois quando casei morei uns 6 meses a uns 10 km e foi a unica altura que sai da santa terrinha e estou novamente a uns 20 metros da que me acolheu em solteira.

mãe pimpolha disse...

Acredito que estejas muito agarrada à tua casa, mas uma nova fase se aproxima e vai ser óptima, de certeza.
Beijocas

Susana Rodrigues disse...

Que recordações boas :)

Mamã e bebé disse...

Olá querida mamã!
Uma casa deixa sempre recordações e pelo que disseste essa deixa umas bem importantes, mas verás que na proxima casinha viverão momentos muitoooo mais felizes minha querida. Uma mudança para melhor :-)) Desejo-vos tudooooooo de melhor para esta nova etapa da vossa vida
Beijocas do tamanho do mundo

Tita disse...

Não me imagino a sair da minha casinha! Serio, crio raízes, não sei se algum dia conseguiria sair desta casa que fiz nascer o projecto, a vi crescer tijolo por tijolo, naaaa não conseguiria :)
Admiro-te!
E estou como a mamã, na casa nova, vais te esquecer rapidinho de tudo e envolver que em nossos projectos no novo ninho.
Bjs e toda a sorte do mundo.

MaLLu disse...

Logo logo terás lembranças tão boas da casa nova como tens dessa que agora estás a deixar :)
A vida é mesmo assim!
Bjs!

Docinho disse...

Que sejas muito feliz no teu novo lar... realmente pareces um caracol ;o)))

Um beijo a matar saudades

Dany disse...

Belas fotos!
Belas lembranças!
A vida é feita dessas belas coisas!
Certamente muitas belas coisas acontecerão na nova morada! Verás!
Beijos

© Tété £ Xavier disse...

Eu DETESTO mudanças! Mas mudar faz bem desde que seja para melhor ;o)
Pensa que essas lembranças e recordações irão acompanhar-te sempre, estejas onde estiveres!!!
Beijos
Tété & Xavier