quinta-feira, julho 02, 2009

Nem sempre é fácil


Nem sempre é fácil ser mãe, ter as atitudes correctas, pensar e gerir o tempo da vida em função delas.
Ultimamente sinto que falho nalgumas coisas, a vida tem-me empurrado para situaçoes extremas de stress e são elas quem mais sofrem com isso, mas talvez antes delas quem mais sofra sou eu.
Sinto-me com falta de energia para mais, sinto a idade a chegar com pés de lã, sinto o arrependimento de ter sido mãe tão tarde, peço a Deus que me dê um chá de genica para seguir em frente, mais fresca, elas precisam.
A quem me lê, por favor não sejam mães tão tarde. É diferente, tenho a certeza que sim.

Até já.

13 comentários:

Rita Costa disse...

Ó minha querida eu não sei que idade é que tens, mas sei que mais importante que a idade é o amor e a dedicação, e estes factores eu sei que tens de sobra.

Preocupa-te também contigo, vive também para ti... isso é tão importante. Se tu estiveres vazia, não consegues dar nada a ninguem... completa-te, cuida de ti, sê egoista e pensa em TI!

Eu sei que não é facil... acredita que sei, mas também sei que depois compensa :)

Beijinho grande

Ti disse...

Amiga isso é uma grande verdade... tenho tentado... treinos não faltam e com tudo isto já tou quase nos 27... sei k não é muito, mas para mim é... sempre ansiei ser mãe antes dos 25... mas :(
Paciencia... jokas e mt força

Tété £ Xavier © disse...

O importante é o hoje e o amanhã!

Viver em função do que se viveu ou se deixou de viver, acaba em sofrimento, minha querida.

A prefeição não existe por isso devemos viver com o fundamento de melhorar com as nossas experiências, principalmente as más!

Dias melhores virão, vais ver ;o)

E com isto, tendo eu 34 anos, tenho que me coçar a encomendar o segundo LOL!

Beijos
Tété & Xavier

Palavras Soltas disse...

São leituras como estas que me fazem pensar e repensar.
Gostava de ser mae novamente e não posso esperar mto, afinal vou fazer 34 anos, o meu Rei já está com 29 meses e o papá dele já anda a pedir outro filho.
Ando a pensar nisso, mas tenho que confessar que tenho medos, ter 2 filhos pelos vistos não é nada facil, é desgastante, mas pelo contrario não ha-de haver riqueza maior.

bjs e eu vou pensar nisso a serio.

Gasparzinha disse...

Nada de pensamentos menos bom. Independenteente da idade, a uma certa altura todas estamos cansadas e a precisar de férias, pois é muita coisa para fazer: é a casa, o trabalho, o marido, a filhota (no teu caso 2), logo é perfeitamente normal esse cansaço.

Beijinhos

Dany disse...

Te entendo perfeitamente amiga...
Tenho 41 anos.
Minha primeira filha tive com 29 e a Lulu com 40.
São experiências completemente diferentes, mas cada uma delas maravilhosa!
Ser mãe "velha" tem muitas vantagens!
A nossa maturidade, a nossa tranquilidade, a nossa experiência de vida conta muito.
Sinto-me mais segura e muito mais paciente.
O stress acontece, mas independe da nossa idade.
Bj

A mamã disse...

acordaste de cú pro ar hoje foi?

Maria José disse...

Amiga melhores dias virão, de certeza há dias que nos sentimos pior,
bem as tuas peincesas estão lindas
e upa para cima
bjokas

osmeuspestinhas disse...

Bem o stress do dia -a -dia por vezes leva-nos a pensar em tudo de mau que existe .No meu caso fui mãe aos 23 e aos 29 anos e no 1º filho dei por mim a pensar que não era nada daquilo que queria sentia me presa apesar de o desejar começei a revoltar me contra mim própria da vida que tinha foi complicado do 2º não foi totalmente diferente a vida amadureçeu me muito agora sou tolerante e vejo a vida de outra forma
bjo

mãe pimpolha disse...

As coisas mudam e eu tb sinto bem na pele aquilo que tu dizes.
Espero que as coisas se recomponham.
Beijocas

Docinho disse...

O amor que lhes tens... é muito maior que o peso de qq idade ;o)

Um beijo em ti

Tita disse...

Comigo é diferente, acreditas!
Sinto-me melhor agora do que á 7 anos atrás. Sinto-me mais disponivel, mais tolerante, mais presente!
E mais mimosa para elas. Ando apaixonada... vais ver que é uma fase por causa das mudanças.
Vai passar!
Bjs gandes

Lipa disse...

Calma minha querida. às vezes andamos mais cansadas e desanimadas e tudo nos parece negro. Muitos miminhos para ti!