sexta-feira, julho 30, 2010

Sem elas

Ontem ao regressar a casa a sensação de vazio era muita, a saudade pesava em cada neuronio desta cabecinha. Os nervos em saber que daqui a mais uns minutos também a minha irmã chegaria para se despedir tomava conta de mim, foi um fim de tarde para esquecer e pedir a Deus que os proteja a todos.
Depois disto tudo fui-me as camas delas e tirei tudo para lavar, colchas e almofadas, protectores e afins.. arrumei uns bonecos espalhados... fiz máquina atras de máquina toda a noite.
Limpei dois frigorificos e deitei fora um monte de coisas estragadas, voltei a apanhar bonecos e tarecos, arrumei 3 gavetas da cozinha, pos para o lado coisas que serão para arrumar na arrecadação e ainda varri o quintal.
O jantar foi leve, agora aproveitamos para fazer refeiçoes ligeiras para compensar a começana destes dias todos.
O homem chegou e sai logo de seguida, os carros estavam a chegar.
Deitei-me cansada, vi noticias, vi o House e mais umas coisas sobre o Carlos Queiroz e dormi.
Acordei com a sogra a ligar as 7:30 para a Flor falar ao telefone com o pai, mas não falou como é normal, tem vergonha. Está com tosse, aliás continua com tosse. Estão ambas bem mas andam sempre a bater-se uma à outra. Acredito que a minha sogra vá penar...paciencia, foi ela que quis assim...
Agora vou aproveitar as horas de tardinha para arrumar as coisas, este fim de semana limpeza a fundo com a ajuda preciosa da minha mãe que precisa distrair-se do regresso da filha mais velha...enfim... se eu sofro com a ausencia deles e das minhas filhas uns dias imagino a minha mãe, privada todo o ano dos netos e filha...foda-se para esta vida e foda-se para quem levou o Antonio feio tão cedo, foda-se

Até já a todos

quinta-feira, julho 29, 2010

Aguenta mãe


As minhas meninas foram de férias forçadas com a avo.

O Atl da crescida está fechado este mês, não tenho quem fique com ela, a única alternativa foi deixa-la ir com os avos para a santa terrinha, eles não prescindem da ida por esta altura....

Podiam ficar cá até dia 12 quando entro de férias mas não...tinham que ir hoje porque tinham.....

Assim tive que deixar ir as miúdas. Optei por deixar ir as duas, talvez assim elas não sintam tanto a nossa falta e façam companhia uma à outra.

Eu vou ficar baba e ranho, nunca tive tanto tempo sem elas e muito menos sem a Flor. Só irei ve-las no dia 7, dia dos meus anos, volto e regresso dia 12 dia dos anos da Patuxa para as ir buscar.

Quero ver as coisas pelo lado positivo, aproveitar para descansar de noite e para namorar a ver se as coisas se manteem bem...preciso de arrumar gavetas e armários...pode ser que assim tenha energias para isso tudo.

Filhas; a mamã está aqui convosco no coração...e mais não digo que as lágrimas correm por aqui...



Logo mais será a despedida da minha irmã e familia, hoje o dia está bom está....

Não me digam nada se faz favor, deixem-me secar

Até já

segunda-feira, julho 26, 2010

As férias...acabaram

Uma semana espectacular, a escolha foi optima. Quer o hotel quer a praia eram muito bons. As meninas adoraram e nós também. Gostei muito. Agora toca a trabalhar.
Até já.
Posted by Picasa

sexta-feira, julho 16, 2010

Até já

Fiquem bem que eu já volto.
Até já

segunda-feira, julho 12, 2010

Marcadas

As férias estão marcadas, dia 17 ai vamos nós a banhos em aguas quentinhas.
Até lá vamos cultivando a farm e trabalhando pouco, infelizmente.
Até já.

quinta-feira, julho 08, 2010

Consulta anual do homem lá de casa

Graças a Deus está tudo bem. Os valores das analises estão bem, os ossos estão optimos. As dores e mal estar nada teem a ver com "aquilo", devem estar relacionadas com os stress ou má postura. Vigilancia é para toda a vida e é como diz a médica; o paciente deste tipo de doença vive em permanente alerta, sempre com receio o que provoca uma carga nervosa ainda maior.
Conselho para levar uam vida normal e mais despreocupada.
Tirara-me a mim e ainda mais a ele um grande peso de cima. Não o tenho sentido bem, sinto-o muito cansado mas nada posso fazer, a carapaça dele é demasiado dura para eu ou alguém penetrar.
Agora em forma de celebração vamos marcar férias para todos incluindo a mãe dele para ajudar com as meninas.
Até já

terça-feira, julho 06, 2010

Cá estamos...

Nós por cá estamos....exaustos.
Não encontro palavras para exprimir como me sinto. O corpo doi a alma nem se fala.
D.Flor está novamente naquela fase...possuida pelo demónio. As birras são por tudo e nada...não sei que lhe faça...
No colégio dissem que é muito independente, que está bem. Mas em casa é um horror, as sandálias já não lhe cabem nos pés, os dedos saem de fora e tocam no chão...e ela dorme com elas, ontem até no banho as queria...enfim...taras e manias aos 27 meses.

D.Patuxa linda lá anda na sua fase sempre assim assim, mas anda bem e cansadita das actividades do ATL.
O pai tem consulta amanha, foi antecipada por motivos de agenda da médica, espero que seja só isso mesmo, os nervos consomem-me. Não o sinto bem...não tenho falado no assunto mas isto anda a deixar-me incomodada.
A famelga está bem, hoje temos jantar lá em casa e vamos ver o jogo juntos.
Até já

sexta-feira, julho 02, 2010

27 meses ontem



Ontem a filha piolhita fez 27 meses, isto no segundo filho mais a família a chegar e o vicio da farm faz com que estes registos fiquem em atraso.
A D.Flor está bem mas doentinha outravez, a saga da ausencia de cocos continua e hoje ficou em casa da sogra. A aflição de fazer força e não conseguir está demais, não sei que faça mas isto complicou-se esta semana. Esta tarde vou falar de novo com a pediatra e ver o que se segue, por mais que ela diga que é normal não acredito. Hoje entra no 10º dia sem cocos, é normal??? Não me parece. Dois clisteres e não sair nadinha? Dezenas de colheres de xaropes e nada? Normal??
Mas tirando esta situação ela está optima.
A conversa é fluída como gente crescida.
As dormidas continuam complicadas por causa dos dias de febre e das forças que faz durante toda a noite. Mantem-se a adormecer comigo na caminha dela, mas toda a santa noite tenho que lá ir 3 4 vezes.
Continua a amar de paixão o pai, é ele que a carrega para a cama ás cavalitas e ela delira. Chora imenso se não for a 1ª. É chorona e birrenta, terrivel para contentar, tem a alcunha lá em casa de pica miolos
É mazita para a irmã mas também se defende dos ataques da maior, mas sempre que pode lá puxa o cabelo à outra.
Continua sem ver televisão, adora os bebes e as brincadeiras em familia, ama jogar ao lencinho e ao anel. Adora os nossos teatros. Faz escolinhas com a mana.
Canta as músicas todas que a irmã ensina e as que aprende nas aulas de música.
Fez duas semanas de praia no colégio, vestes-se e despe-se correctamente e calça as sandalias. Carrega a mochila sozinha. Quer fazer tudo sozinha.
O desfralde está adiado para já.
Dorme de sapatos e apenas calça aqueles, não consigo tira-los apenas no banho e mesmo assim
é complicado. O dedão já sai de fora.
Odeia roupas de menina e coisas no cabelo nem ver. É muito porquita, não se quer pentear, ajeitar, é mesmo esquisita com estas coisas. Cortar as ulhas é um horror.
Continua meiga, por detras daquela maneira solta de ser está uma menina doce, que me abraça e dá beijinho como a irmã nunca fez. Aperta o pescoço com força, faz festinhas nos braços, ainda espreita as maminhas da mãe com saudades.
Adoro ve-la a saltitar, lembro os dias passados com saudades que doem, vejo-a crescer e a ficar menina como a mana, as minhas bebes estão a desaparecer num abrir e fechar de olhos.
Beijinho filha pequenina, amo-te daqui até ao céu e do céu até aqui.


Até já

quinta-feira, julho 01, 2010

Chegaram

E já chegou a minha irmã sobrinhos e cunhado, correu tudo mais ou menos na viagem, ainda partiram o vidro da frente da carrinha e isso fez com que chegassem umas horas depois. Não os vi ainda, estão cansados e ficaram na minha mãe pois é lá que dormem.
Agora tenho que gerir a presença deles e o conflito lá em casa.
Até já