quarta-feira, setembro 14, 2011

Tareco da bisavo

Este tareco andava perdido e cheio de pó na casa da avó do homem lá de casa. Aqui à uns meses enchi-me de coragem e pedi-o à Srª.
Contou-me que tinha sido da mãe dela e já tinha estado na casa de uma tia também, será bastante velhote.
A cor é a que tinha, não alterei nada, apenas limpei as teias de aranha. Por baixo da camada azul nota-se que já teve outra cor mas acho que esta é bem gira, alegre.
Ficou bem janota ao pé do meu relógio na cozinha. Não acham?
Fiquem bem, uma quarta-feira repleta de coisas boas. Até já.

1 comentário:

Simão disse...

Só tu mesmo... a cada dia, uma coisa nova! Ai não há monotonia de certezinha...fico FELIz que seja assim, é sinal que estás tb de BEM com a vida!

bjs grandes p ti e p as "patarecas"